Dieta HCG estou fazendo!


Comecei a Dieta do HCG no dia 13/03
Meu tratamento será o de 40 dias(para quem quer perder mais de 7kilos)
Fase1: Começa a tomar o HCG (manhã e noite) com dieta livre, chamada fase de carregamento.
Fase2: Continua tomando o comprimido sublingual (manhã e noite) com dieta restritiva de 500 calorias.
É nessa fase que realmente começa a dieta para perder peso.
Pesar assim que acordar e depois de fazer xixi
Meu peso inicial: 72,4
2°dia: 72,4
Fase2
3°dia: 72,6 (+200g) depois do ganho de peso, começa a dieta restritiva.
4°dia: 71,9 (-700g)
5°dia: 71,1 (-800g)
6°dia: 70,4 (-700g)
7°dia: 70,3 (-100g)
Total: (-2,100)

O que aconteceu que no 7° dia só perdi 100g? Não sei ainda, mas tomei um dose a mais de proteína antes do almoço. Tomei, mas foi recomendação medica. Hoje 8° dia não farei isso, pois estou no 5° dia da restritiva e o organismo começa a se adaptar a nova rotina. Tirei a fruta da manha, pois não senti fome e a whey hoje pretendo que seja somente no horário correto da dieta (ceia)
Como os exames que fiz,foi descoberto que estou com algumas deficiências hormonais e de vitaminas, que me prejudicavam no emagrecimento.Já estou sendo suplementada. Uma das mais serias é na tireoide, mas já estou cuidando disso!
Claro que só com a modulação eu iria emagrecer com dieta e treino, mas eu quis sim algo mais rápido! Mas engana-se quem pensa que é fácil, passo vontade toda hora, tenho que levar meu frango para todo lugar(o meu não tem óleo e é feito no sal rosa) , então o HCG não é um milagre, tem que fazer dieta sim! E só funciona os dois juntos!




                        Um pouco sobre o HCG no site do meu médico

Perca peso de forma saudável com o hCG
 
A Gonadotrofina Coriônica humana (hCG) é um hormônio natural que vem sendo utilizado em tratamentos que visam o combate a obesidade. Esse método é voltado para homens e mulheres, independente da idade, e quase não possui contra-indicações. Além da perda de peso, o procedimento ainda auxilia no tratamento de outras doenças relacionadas a obesidade, tais como: diabetes, hipertensão arterial, dores reumáticas, psoríase, úlcera e colesterol.
 
O tratamento com hCG também pode ser realizado por pessoas interessadas em eliminar aquelas gordurinhas indesejáveis. Tudo vai depender do objetivo do paciente. Durante a aplicação do método, a pessoa pode queimar de 1.500 a 3.000 calorias/dia de forma segura, sem o comprometimento da massa muscular e da disposição corporal. O tratamento deve ser acompanhado por um médico que dará o suporte e as orientações necessárias ao paciente ao longo de todo o processo.
 
Como surgiu o método?
 
O endocrinologista britânico Dr. A. T. W. Simeons foi responsável por estudos pioneiros no tratamento e no combate as causas da obesidade. Ele acreditava que o excesso de peso tinha elementos psicossomáticos, porém as causas da obesidades estavam mais relacionadas a estados físicos do que mentais.
 
Entre as suas pesquisas, Simeons estudou a Síndrome de Frohlich. Os pacientes que apresentavam esse tipo de doença exibiam níveis extremos de obesidade, gônadas não desenvolvidas (ovários e testículos) e órgão genitais atrofiados. Em testes com garotos obesos, o médico observou que os pacientes que recebiam pequenas quantidades de injeções diárias de hCG e seguiam uma dieta restritiva apresentavam, além de melhorias no desenvolvimento genital, a perda do apetite voraz.
 
Já os garotos que não foram submetidos a uma dieta, não perdiam peso, mas conseguiam diminuir a circunferência dos quadris. Tais resultados levaram o médico a acreditar que as injeções de hCG foram responsáveis pela mobilização da gordura que tinha se depositado de forma natural nos quadris dos pacientes testados. A partir disso, Simeons passou a associar as injeções de hCG a uma dieta restritiva e obteve como resultado uma significativa perda de peso por parte dos pacientes que, mesmo seguindo uma dieta de apenas 500 calorias por dia, não passavam fome.
 
Como funciona?
 
Os estudos realizados por Simeons concluíram que a chave para o tratamento da obesidade reside em uma parte do cérebro chamada Diencéfalo, estrutura complexa que inclui o Tálamo e o Hipotálamo. Segundo a pesquisa, é o desequilíbrio do Hipotálamo que desencadeia problemas relacionados ao excesso de peso. O tratamento com hCG auxilia no equilíbrio das funções do Hipotálamo, que é responsável pelo controle do comportamento emocional, função cardíaca, temperatura corporal, apetite e equilíbrio da insulina.
O tratamento com hCG possibilita que essa região do cérebro tenha um funcionamento regular e passe a levar o corpo a transformar e liberar a gordura presente em sua estrutura como combustível para o seu funcionamento. A duração do tratamento varia conforme o objetivo do paciente, mas é realizado no período de 40 dias em média.


Fonte: http://www.fernandoguanabara.com.br

0 comentários:

Postar um comentário